31 de dez de 2009

a dor da perda.

nunca pensei que fosse assim.
na verdade pensei sim.
mas eu acho que ainda não consegui compreender.
ou talvez eu não queira, ou tenha medo da dor.
ela já tá aqui.
ela não me deixa em paz.
to perdida.

luto. vovô, te amo <3
nada mais consegue sair da minha cabeça.
saudade e só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua poesia,ma sua crítica, parte de você: