16 de mai de 2010

ressaaaaaaaaca!

eita, essa ressaca.
Lembranças da noite anterior: muitos doces, bolo, guaraná, músicas da Xuxa (e ao fundo, na festa do vizinho o bate-estaca), uma correria, muitas (muitas mesmo) vozes conversando..
É só isso que me lembro da noite anterior, tomei alguns goles de suco e um pouquinho só de cansaço.
Mas a ressaca, ô ressaca.
Me faz pensar que foi mais que isso, mas como mais que isso?! MAIS QUE ISSO PRA UM ANIVERSÁRIO DE NOVE ANOS?
Não.
Mas o que não fazer por uma prima mais nova, né não?

Empanzinei-me.
Cansei-me.
Indaguei-me.
Assombrei-me.
Ao olhar um pouco mais longe, me impressiono, afinal, todos nós crescemos.

Incrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua poesia,ma sua crítica, parte de você: