2 de abr de 2011

Acabou

Algo escorria pela minha face, era fria mas queimava enquanto descia. Perguntei e me arrependi. Fechei os olhos pra tentar evitar o conhecimento da resposta. Não adiantou. Veio à tona e eu sabia que uma hora viria. Senti o gosto amargo da lágrima repousar sobre meus lábios e eu que pensei que fôssemos capazes de superar a distância. Logo eu, tão frágil, tão sensível... Me sentia tão forte quanto uma pedra e me orgulhava por conseguir manter meus sentimentos intactos perante a distância, mas o mesmo não ocorreu contigo. Infelizmente. 
Devo ter agido de uma forma errada, devo ter dito palavras que não lhe agradaram, devo eu então apenas aceitar as consequências da minha cadeia de erros?!

Um comentário:

  1. fiz um quadrinho pra essa historia xD
    eu gostei xP
    apesar dos desenhos toscos xD

    ResponderExcluir

Deixe aqui a sua poesia,ma sua crítica, parte de você: