6 de out de 2015

Juvenil

Procurei 
nas gavetas,
embaixo da cama,
sob o travesseiro
e dentro do armário 

Já busquei 
dentro dos sapatos,
das meias
e de todos os bolsos das calças que usei

Tive cuidado 
pra não tirar nada do lugar
pra não jogar tudo pro ar

Usei lupa 
quando o óculos não me foi suficiente

Deve estar contigo 

a pecinha que deveria completar
aquele quebra-cabeça que ganhei
ao te conhecer
Sem ela ainda não pude desvendar 
qual figura
formávamos eu e você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua poesia,ma sua crítica, parte de você: